Boa leitura

Há uns dias terminei de ler “Nem com Marx, nem contra Marx” e adorei tanto que precisava colocá-lo aqui no blog, não como dica, mas como “leitura obrigatória” para todos, não só os interessados em política, marxismo, socialismo e todos os outros ismos dessa vida, mas à todos que gostam de ler bons livros. No caso desse do Norberto Bobbio é bom com B maiúsculo!

"Quase uma Bíblia"

Peguei esse livro na biblioteca pelo título, nunca tinha ouvido falar, mas achei interessante o conceito dado pelo autor. E me surpeendi com o que li, Bobbio analisa os textos de Marx de forma muito consciente e clara, quase neutra (neutralidade não é sua principal característica, ainda mais quando se trata de política). O livro todo merece destaque, mas a parte mais interessante para mim é quando Bobbio desafia os escritos marxistas referentes à democracia, tirania e até mesmo a “suposta” ideologia marxista. Quando li o Manifesto Comunista há alguns atrás, tive minhas dúvidas que com o passar dos tempos e minha breve experiência na política, essas dúvidas aumentaram, hoje elas quase não existem mais. Já está tudo bem mais claro na minha cabeça, depois de ler o Bobbio então, é como eu disse em tom de brincadeira, mas que é muito verdadeiro, isso agora é um mantra pra mim: “Nem com Marx, nem contra Marx”.

Marx pensou, idealizou e escreveu muito bem, o problema foram as interpretações das pessoas. Por isso nada deu certo até hoje, posso estar sendo radical e até catastrófica demais, mas parei e analisei, e é isso mesmo!

A propósito, encontrei uma resenha do Rubens Ricupero, onde ele faz a seguinte pergunta: O que está vivo e o que está morto no Manifesto Comunista? Eu responderia, TUDO está vivo no Manifesto e faria ainda um paralelo com os muçulmanos fundamentalistas que leem o Alcorão e criam suas próprias interpretações, cometem seus crimes e preconceitos e justificam tudo pelos escritos do profeta Maomé. Karl Marx não é nenhum profeta, mas infelizmente tem uns fundamentalistas lendo suas obras por aí e pior, esses fundamentalistas se dizem comunistas, socialistas, democráticos, enfim, pura demagogia.

Em outras palavras, quando há contraste entre uma afirmação de princípio e uma constatação de fato, a alternativa só pode ser esta: ou se desmente o fato ou se modifica o princípio

Perdoe-os Marx, eles não sabem o que fazem!

Anúncios

4 comentários sobre “Boa leitura

  1. Obrigada pelo comentário e visita no meu blog. Pois é, guilty pleasure é uma expressão que uso muito, rs. No caso de Twilight, bem, imagina você gostar e ter mais de 30 então…rs, mas eu resolvi abrir a caixa de pequenas vergonhas no blog =P

    E parabéns pelo seu, gostei muito e vou anotar a dica desse livro, já li bastante sobre Marx na faculdade, e nunca é demais 😉

  2. Bruna, também li o livro e fiquei com algumas dúvidas, principalmente com relação ao marxismo enquanto prática social. Não sei se vc também ficou, poderíamos conversar mais sobre isso, né?
    Abraços!

    Saudações socialistas (apesar de tudo! hehe)

Solte o verbo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s