O que você sabe do ateísmo?

O ateísmo é uma posição filosófica que não aceita a existência de Deus. Só isso já é o suficiente para causar conflitos e fazer com que eles, os ateus, sofram preconceito e sejam mal compreendidos. Será que não acreditar em Deus muda o caráter de uma pessoa?

Há séculos a humanidade sempre acreditou na existência de um “deus”. Alguns tinham fé sobre um único e outros sobre vários, porém, a crença em um ser superior e criador do Universo e de todas as coisas também tinha opositores. No fim do século 13, período da história conhecido como Renascimento, pequenos grupos formados por intelectuais que tinham uma ideologia ceticista (corrente filosófica que se baseia no raciocínio como operação discursiva, mental e lógica, sem apelar para conceitos místicos e/ou religiosos), passaram a contestar questões religiosas.

A visão de mundo que era teocêntrica passa a ser antropocêntrica, e assim os primeiros indícios do ateísmo começam a surgir. Naquela época ser cristão era praticamente uma imposição, por isso, poucos ateus eram realmente conhecidos.

No Brasil, segundo o IBGE, há mais de 12 milhões de ateus

Atualmente, eles ainda não são vistos com bons olhos. Num país onde a maioria é cristã ainda é difícil bater no peito e dizer: sou ateu. O que muitos perguntam é: o que realmente está por trás do ateísmo? O que ele “prega”? Os ateus são do mal, filhos do demônio que desejam ódio para o mundo todo? Revoltados, descrentes ou apenas pessoas que pensam de uma forma diferente?

“A ficção religiosa embora necessária não é uma verdade, logo, a religião é uma mentira, mas é uma mentira útil!”

Ademir Coutinho, professor de Direito da UFMT

Ao contrário do que muitos possam imaginar, os ateus não vivem em “bandos”, não fazem reuniões semanais, não seguem nenhum tipo de regra ou norma e  muito menos fazem rituais satânicos. Já que eles não acreditam em Deus também não acreditam no diabo.

Muitos levam a vida normalmente sem nem fazer menção à falta de religião, já outros se dedicam ao estudo e leitura sobre o assunto, até como forma de reforçar seu ateísmo. De fato é comum entre todos eles a crítica consciente à religião. O que para os religiosos se chama “fé”, ateus consideram como ingenuidade, alienação e ficção.

O que pensam os ateus sobre a religião?

Luana Souza (estudante de Jornalismo): “Ao observar nas pessoas muito religiosas alguns equívocos em nome da religião, passei a achar que ela cega as pessoas. Em nome de alguma coisa que elas não sabem exatamente o que é, ou quem disse, elas justificam seus atos em nome da religião”.

Marcelo Ronconi (filósofo, músico e diretor geral da UNA-União Nacional dos Ateus):  “Eu particularmente não penso que o mundo seria melhor sem as religiões. Não acredito na humanidade o suficiente para imaginar algo melhor do que temos hoje. Claro que a Idade Média – Idade das Trevas não para menos-, foi um hiato no progresso científico, mas sob sob minha ótica isso não quer dizer muita coisa. Pra mim, a religião é uma coisa criada pelos homens, não vejo nada de ‘divino’ nela.”

Ademir Coutinho (professor de Direito da UFMT): “A religião faz parte do aparelho ideológico de dominação de um povo. O povo necessita de norma pra se comportar, pra sobreviver harmonicamente entre si; a religião é mais uma norma de natureza moral que ajuda a organizar a sociedade, sob esse ponto de vista a religião é útil. A ficção religiosa, embora necessária não é uma verdade, logo, a religião é uma mentira, mas é uma mentira útil.”

* Matéria final da disciplina Reportagem e Entrevista I do 4º semestre de Jornalismo na UFMT. Continua nos próximos posts…

Anúncios

Solte o verbo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s