“Carne, sangue e osso”

Quase 6 da manhã e eu acordada. Não, não levantei antes da hora, afinal de contas já é domingo e não é dia de acordar cedo, correto? Não dormi mesmo. E enquanto não dormia, peguei um livro, sintonizei numa rádio e eis que uma música me fez parar tudo e prestar atenção. A cada frase tive aquela sensação de “poxa, tô pensando nisso!”. A cada frase queria ouvir tudo de novo. Enfim, se eu pudesse escrever uma música nesse exato momento, seria mais ou menos assim:

I’m flesh and blood to the bone
See, I’m not made of stone
I’ve got a right to be wrong
So just leave me alone

Anúncios

Solte o verbo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s