SIFUDÊ!

SEIS MESES DE ATRASO! Sim, gente, tudo isso! Exagerei na procrastinação, eu sei. Mas tudo bem, aqui estou eu escrevendo novamente sobre música, coisa que eu amo! E hoje é dia de Rita Lee, bebê! Na verdade, esse mês foi inteirinho dela, não? Primeiro, ela anunciou que ia parar de fazer shows, depois brigou com a polícia em seu último show, aí foi presa e xingou muito no Twitter por conta disso. Ensaiou uma saída da rede social, mas para a alegria de seus seguidores, desistiu! Ontem, disse que não vai mais pintar o cabelo de vermelho. Pensando nisso, resolvi prestar uma humilde homenagem à roqueira mais rock’n roll dessa nossa terrinha.

Depois de algum tempo atrasado, estou atualizando o Ouça! com Fruto Proibido da tia Rita. É meu preferido dentre todos dela e o que mais tenho ouvido esses últimos dias. Porque tudo que é proibido é mais gostoso, né?

A nova banda do Grohl

Sabe o que é você ter sido baterista de uma das grandes bandas do rock mundial? Sabe o que é essa banda ter acabado depois do vocalista ter se matado? Sabe o que é passar por tudo isso, juntar uns amigos e montar uma nova e ótima banda? Não, você não sabe, nem eu. Quem pode falar sobre isso, ou melhor, tocar e cantar é Dave Grohl, frontman do Foo Fighters, banda que 9 entre 10 roqueiros brasileiros querem por aqui. Eu estou na torcida deles virem pra cá, quero ouvir os velhos e novos sucessos. Muitos deles estão em Wasting Light, CD que está no Ouça desse mês!

 O Foo Fighters mandou muito bem após lançar o CD e fazer uma  campanha de divulgação que poderia ter sido cansativa se o trabalho não valesse tanto a pena. De repente, eles estavam em quase todos programas de TV americano, faziam shows transmitidos ao vivo pela internet, além de disponibilizarem material no site da banda de graça. Em tempos que artistas e internet travam uma espécie de “guerra fria”, Foo Fighters descobriram que dá pra conviver em paz com ela.

Por essas e outras, recomendo muito Wasting Light. No Ouça tem apresentações de todas as faixas, corre!